7 dicas para melhorar site para imobiliárias

O foco do Google voltado para dispositivos móveis e o novo algoritmo do Google que penaliza sites que não são preparados para isso está fazendo corretores de imóveis e imobiliárias  a reavaliar suas estratégias de site para imobiliárias. Quais os passos que você precisa tomar para manter seu site imobiliário atualizado?

 

site para imobiliárias
site para imobiliárias

 

Se você está pensando o que pode fazer com o seu site, eu compartilho a sua dor. Meu website teve a colocação no topo no Google por anos para “site para imobiliárias” e eu estava relutante em tocar o que estava funcionando bem. Nós estávamos prontos para lançar um novo site até que nós percebermos que ele não era “responsivo”. (Em outras palavras, ele não foi projetado para ajustar automaticamente ao tamanho da tela do dispositivo do visitante.) Além disso, o novo design realmente não era muito amigável para celulares e tablets.

O resultado? Enquanto ainda estamos no topo no Bing e Yahoo, o Google nos rebaixou para a página dois ou três. Obviamente, é hora para um outro projeto atualizado.

Existe uma única solução de design?

Para complicar as coisas ainda mais, há uma tendência para as pessoas usarem as tvs para pesquisar na web. Como então as empresas desenvolvedoras de sistemas e sites irão criar um site eficaz que serve tanto para monitores pequenas como para telas enormes? Você irá refazer o seu site atual voltado para celulares, ou para o tradicional notebook e pcs, ou então olhar mais para a frente e desenvolver para telas grandes de tvs que estão cada vez mais populares?

A primeira decisão que você deve fazer é se você vai criar um único site que tenta atender a todos os três tipos de dispositivos. Alternativamente, você mantém seu local tradicional atual e, em seguida, criar um site móvel separado, talvez usando um endereço dot-mobi, em vez de um endereço pontocom?

Se você decidir manter seu site tradicional, aqui estão sete dicas simples para torná-lo mais eficaz.

1. Seu site é sua loja on-line

Você já visitou o site de uma imobiliária e perguntou qual região eles atendem? Embora isso pareça óbvio, muitos corretores de imóveis não fornecem suas informações de contato com esses detalhes. Certifique-se de que você inclua a área de mercado que você atua, assim como a cidade, estado e CEP. Além disso, coloque o seu número de telefone, incluindo o código de área, no canto superior do lado direito em todas as páginas do seu site imobiliário.

2. O Triângulo Dourado Google

Se você decidir manter um site tradicional, é importante que você preste atenção ao que é conhecido como o Triângulo Dourado Google. Pesquisas de rastreamento revelaram uma série de padrões interessantes em termos de como as pessoas vêem os sites.

Em primeiro lugar, os usuários se concentram principalmente em cima do canto superior esquerdo do site. Em segundo lugar, os olhos descem para o centro da página e, em seguida, movem-se para o rodapé do site. A forma geral da visualização é um triângulo. Em outras palavras, se você fosse desenhar um triângulo ancorado no canto superior esquerdo de qualquer site, terá a área onde a maioria dos visitantes do seu site irão se concentrar.

A pesquisa também revelou que os usuários também visualizam o site em um formato de “F”. Em outras palavras, eles lêem através do topo, rolam a página e lêem a parte do meio da página, e depois vão pelo lado esquerdo até o rodapé. .

Dê uma olhada em seu site. Você tem a sua imagem no canto superior esquerdo da página inicial?  Você tem sua imagem na primeira página do site? Em caso afirmativo, remova-a imediatamente e coloqueu-a na página “Quem somos” do seu site imobiliário.

Em seguida, use esta área para dar aos visitantes a informação que eles querem. A pesquisa mostra que os visitantes dos sites têm duas principais razões para visitar um site imobiliário. Eles querem saber o que está à venda e quanto sua casa vale. Certifique-se de que os visitantes do seu site podem encontrar esses dados facilmente.

Com base no padrão “F”, esta informação deve estar em caixas, na barra de navegação que corre horizontalmente através da parte superior da página, ou em um menu de navegação que está localizado no lado vertical esquerdo da página.

3. Títulos do site para imobiliárias

Se você tem um site com grandes quantidades de texto, é hora de mudá-lo. Lembre-se, a maioria dos clientes mais jovens estão acostumados a usar mensagens de texto. Eles têm períodos curtos de atenção e gostam de suas informações em pedaços médios. Se o visitante quer informações detalhadas, ele irá clicar para acessá-las.

4. Carregamento rápido é essencial

Para verificar a rapidez com que seu site carrega, o Google disponibiliza a ferramenta Google Pagespeed. Este site irá informar quanto tempo leva para carregar seu site imobiliário em vários lugares ao redor do mundo. Os visitantes vão deixar o seu site se levar muito tempo para carregar, especialmente em dispositivos móveis. Idealmente, o tempo deve ser um segundo ou menos. O site relata suas velocidades de carregamento como “ms:” (um milésimo de segundo). Se seu site carrega lentamente, eliminar todo o conteúdo Flash que retardam o tempo de carregamento pode ser uma solução.

5. Ferramenta de marketing Hubspot

Esta ferramenta fornece um relatório detalhado do que você pode fazer para fortalecer seu site para imobiliárias. E o melhor, o serviço é gratuito.

6. Como visualizar o seu site em vários navegadores?

Se você gostaria de ver como seu site aparece no Safari, Firefox, Internet Explorer ou uma série de outros navegadores, existem sites que mostram uma simulação em tempo real, evitando que tenha todos esses navegadores instalados.

7. Corrigir links quebrados

Não há nada mais frustrante para os usuários do que ter links quebrados em seu site. Para identificar onde eles estão, utilize o Google Webmaster Tools. Uma vez que você localizá-los, certifique-se de que eles sejam corrigidos. Se o link não existir mais, utilize um redirecionamento 301 para informar o Google sobre a mudança de página.

Estas são algumas das etapas fundamentais para ter sucesso com um site tradicional, espero que tenha ajudado e logo adicionaremos mais um artigo sobre esse tema.